A Câmara Municipal de Pilõezinhos, agreste Paraibano, vem passando por diversas alterações nos últimos meses acerca da presidência Casa Legislativa.

Recentemente o vereador Neto Mendes tomou posse como presidente da Câmara por meio de uma sessão que foi realizada em praça pública no final de 2022, no dia 29 de novembro. A referida sessão teve o intuito de realizar a eleição para o biênio 2023/2024.

Porém, nesta segunda-feira, 23 de janeiro, a Justiça concedeu uma liminar que anula a referida eleição da mesa diretora realizada em novembro do ano passado para o biênio 2023/2024. Com isso, de acordo com a decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba, Neto Mendes sai do cargo de presidente, o qual estava ocupando, e Galego de Cocó retoma como presidente interino.

De acordo com a decisão, os atos referentes a realização da eleição de novembro de 2022 foram realizados de forma ilegal, ou seja, sem validade. Pois a decisão suspendeu a Sessão Ordinária realizada pelos vereadores em 29/11/2022, bem como os atos e documentos dali emanados e a posse da Mesa Diretora, ficando, portanto, tudo suspenso até nova decisão.

 

 

 

Com ManchetePB