Um indivíduo foi preso na cidade de Arara, agreste Paraibano, apontado como líder de uma quadrilha de roubo a Bancos. O mesmo participou do roubo ao Banco do Brasil em Arara e em Areia-PB, quando naquela oportunidade aterrorizou aquele município e  executou o Policial Militar o Cb Vasconcelos, com um tiro de espingarda Cal. 12 na cabeça.

Este indivíduo possui uma ficha criminal bastante extensa, dentre os crimes podemos destacar os seguintes; assaltos a bancos, tráfico de drogas, homicídios, cárcere privado, sequestro, latrocínio, roubos, associação criminosa, dano ao patrimônio, coação no curso do processo.

Joãozinho de Arara como é conhecido, possui uma condenação da justiça que chega a 92 anos de prisão. A prisão foi realizada pela PMPB – Força Tática da 7ªCIPM.