A Polícia Civil da Paraíba, após denúncia, prendeu um homem de 59 anos na manhã desta quarta-feira (9), em um assentamento rural que fica no município de Cuité, no interior da Paraíba. A suspeita é que ele tenha praticado estupro contra as próprias filhas há anos, inclusive engravidando as duas. Após descobrir que a irmã de 22 anos vinha sendo abusada, a outra filha do suspeito resolveu denunciar o crime.

De acordo com a vítima, os abusos aconteciam a anos, no entanto, o medo de represálias e a dependência financeira a impediu de procurar a polícia antes. Ela contou que tem um filho de 8 anos com o próprio pai e suspeita que a irmã, que está grávida e tem transtornos psicológicos, pode estar esperando um filho dele também.

Um inquérito policial foi instaurado que levou a polícia a descobrir que o suspeito ameaçava as filhas para que elas desistissem da denúncia. Após ser ouvido pela polícia, homem foi levado para a cadeia pública de Cuité.

O delegado Yasley Almeida, da 13ª Delegacia Seccional de Polícia Civil da Paraíba, informou que o homem confessou que mantinha relações sexuais com as vítimas. Mas, nega que tenha cometido estupros e disse que os atos eram, consensuais.