A Polícia Federal prendeu nesta segunda-feira (24), um italiano suspeito de liderar grupo criminoso internacional, em um hotel no bairro de Tambaú, em João Pessoa. O suspeito foi preso juntamente com outro homem que também seria italiano.

Rocco Morabito é suspeito de integrar a máfia calabresa Ndrangheta, uma associação mafiosa da Itália e que é considerada uma das mais perigosas e influentes do mundo.

A ordem de prisão foi expedida pelo Supremo Tribunal Federal. A prisão foi realizada por uma representação da Interpol na Paraíba, que é formada por policiais federais brasileiros.

Segundo a Polícia Federal, há registro da atuação de Morabito no tráfico de drogas entre Brasil e Europa desde os anos 90. Em 2017, com base em informações da Interpol em Brasília, ele chegou a ser preso no Uruguai, depois de 22 anos anos foragido, mas fugiu da prisão dois anos depois.

Ele seria um dos homens mais procurados da Interpol, ainda de acordo com a PF.

Rocco Morabito foi enviado para o Departamento de Polícia Federal da capital paraibana. Ainda de acordo com a Polícia, ainda não se tem como cravar para que país o italiano será extraditado.