Vigilante é executado com vários tiros em feira livre na PB

single-image

O vigilante Hélder Aleixo Alves de Sena, mais conhecido como “Dedê”, foi executado com vários tiros de revólver, calibre 38, e de pistola, quando trabalhava como segurança na Feira Livre do município de Cuité, na região do Curimataú paraibano. O crime aconteceu próximo ao Hotel Serrano, na manhã desta segunda-feira (13).

Testemunhas, que estavam na feira, contaram que o vigilante foi surpreendido por dois homens, armados, em uma moto Pop100. Um deles já chegou com uma pistola na mão e tentou disparar contra a vítima, quando a arma teria falhado.

De acordo com as testemunhas, “Dedê” tirou uma faca peixeira da cintura para tentar se defender, mas foi atingido pelo mesmo homem que usou, dessa vez, um revólver. O vigilante ainda tentou correr e foi alvejado também por tiros de pistola.

Hélder Aleixo não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu no local. A dupla fugiu e até o momento não foi identificada pela polícia que investiga o caso.

Paulo de Pádua

Leave a Comment

Your email address will not be published.