Psicólogo paraibano agride ex-mulher e atira em dois funcionários de hotel no Recife

single-image

O psicólogo que atua na Paraíba acusado de agredir sua ex-esposa e balear dois funcionários de um hotel em Recife, capital de Pernambuco, na noite desta terça-feira (3) permanece foragido. O caso está sendo investigado por equipes da Delegacia da Mulher do bairro de Santo Amaro e do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), do Cordeiro.

A Polícia informou que o casal está separado há 10 dias. O homem começou a consumir bebidas alcoólicas, o que desagradou a mulher que foi para o quarto do hotel. Logo em seguida, o psicólogo e a mãe também resolveram subir, e nesse momento começou as agressões.

Os dois funcionários do hotel, que tentaram apartar a briga, mas acabaram sendo baleados, foram socorridos e continuam internados. Após a confusão, o autor dos disparos fugiu do local.

José Edson Lima Júnior, 34 anos, deu entrada no HR pouco antes das 2h da madrugada. Ele seguiu para o bloco cirúrgico nesta manhã para uma intervenção em uma das pernas, que tem uma fratura exposta. O paciente também tem uma perfuração no abdômen e está com um dreno toráxico à direita. O estado de saúde de José é estável.

O outro paciente, José Fernando de Freire da Silva, 43, também está estável e deu entrada na unidade hospitalar às 2h40. Segundo o boletim médico do HR, ele tem uma lesão na coluna cervical. O boletim não informa se ele ficará com a mobilidade comprometida. Fernando está sendo acompanhado pela equipe médica.

Os funcionários perceberam o desentendimento e tentaram solucionar a situação. O suspeito sacou uma arma e atirou contra um mensageiro do hotel e um segurança. Os feridos foram levados para o Hospital da Restauração (HR).

Em nota, a Polícia Civil informou que “instaurou inquérito policial e está investigando as  tentativas de homicídios ocorridas em um hotel, localizado no bairro de  Boa Viagem. De acordo com informações preliminares, o suspeito estava hospedado com sua mãe e com sua esposa no local. No final da noite, o casal discutiu, o segurança do estabelecimento foi acionado e, ao chegar perto do grupo, o homem o atingiu e, ainda, no caminho atirou em outro funcionário do hotel. As vítimas foram socorridas ao Hospital da Restauração. A 3ªDPH conduz o caso e se pronunciará ao final. A esposa foi conduzida para a 1a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, em Santo Amaro.”

Em nota, o grupo Pontes Hotéis & Resort disse que “o Mar Hotel, empreendimento da rede Pontes Hotéis & Resort, localizado na Rua Barão de Souza Leão, 451, Boa Viagem, lamenta profundamente o incidente ocorrido na noite desta terça (3), quando o hóspede identificado como João Raimundo Vieira da Silva Araujo, por volta das 23h30, atirou em dois funcionários que tentaram intervir no momento em que o suspeito agredia a esposa em um quarto do hotel. Todos os procedimentos foram seguidos e José Edson de Lima Junior (34), segurança, e José Fernando Freire da Silva (43), mensageiro, foram imediatamente socorridos e levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira e depois transferidos para o Hospital da Restauração (HR). O Pontes Hotéis & Resort está dando toda a assistência aos funcionários e familiares, assim como colaborando com a investigação policial”.

PB Debate

Leave a Comment

Your email address will not be published.