A madrugada deste domingo (2) foi de violência e medo no Distrito de Golandim, município de Nísia Floresta, Região Metropolitana de Natal. Uma família foi alvo de criminosos quando se dirigia para casa na Zona Rural, próximo à rodovia que dá acesso à cidade de Georgino Avelino. Uma mulher grávida de 4 meses e a filha de 4 anos foram assassinadas a tiros. O pai também foi baleado, mas foi socorrido pelo Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) e encaminhado para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, em Natal.

De acordo com a Polícia Civil, os três seguiam em uma bicicleta entre 2h e 3h da madrugada, quando foram surpreendidos por criminosos armados. A mulher e a criança morreram no local. O pai mesmo baleado ainda conseguiu se arrastar e pedir ajuda.

Segundo informações de familiares à polícia, o homem identificado como Leonardo Carneiro de Lima, conhecido como Naldinho, tinha passagem pela polícia e teria saído recentemente do sistema penitenciário. O delegado Elói Xavier afirmou que inicialmente a Polícia Civil acredita que o alvo dos bandidos seria o pai.

Mãe e filha não tiveram os nomes divulgados. Os corpos das vítimas foram encaminhados para Instituto Técnico e Científico de Perícia, na capital potiguar. A menina sofreu dois disparos no tórax e a mãe foi baleada pelo menos 4 vezes, segundo a polícia.

Esta manhã a Delegacia de Nísia Floresta, que investigará o duplo homicídio e tentativa de homicídio, divulgou nota na rede social Instagram solicitando a população que tenha informações sobre a execução de mãe e filha para fazer denúncia anônima. “Qualquer informação pode ser enviada de forma anônima ao disque denúncia da Polícia  Civil através do 181 e também do 98118-7675”, afirma em nota.

Fonte: OP9