A polêmica envolvendo o presidente da câmara municipal de Guarabira (PB) Marcelo Bandeira (PSB), tem sido constantemente discutida pelos parlamentares na casa legislativa. Na tarde desta quinta-feira (11) o vereador Leonardo Macena (PPS) usou o microfone para, em primeira mão, anunciar o vazamento de novas polêmicas envolvendo Bandeira.

Leonardo disse que Marcelo Bandeira vem sofrendo perseguições políticas por integrantes do próprio grupo. “Uma fonte me disse que o presidente da câmara municipal de Guarabira pediu a presidência do partido PSB em Guarabira ao governador João Azevedo.”, declarou.

Segundo Leonardo, a fonte revelou também que Marcelo queria representar o partido na cidade tendo em vista que ainda não está sendo bem representado. “Por isso está acontecendo essa polêmica. Essa nota foi imediatamente padronizada e assinada por pessoas do pessoal do grupo para fazer toda essa celeuma com o presidente desta casa.”, revelou.

Leonardo Macena finalizou sua fala revelando ainda que aquelas pessoas que apoiaram o presidente também estão sofrendo perseguições. Leonardo comentou o exemplo de Nana Rodrigues, que foi exonerada da gerência de educação.

Pedro Jr