Datena é acusado de assédio sexual por repórter

single-image

A repórter Bruna Drews acusa o apresentador José Luiz Datena, com quem trabalhou nos programas “Brasil Urgente” e “A Fuga”, de assédio sexual. A informação é de Daniel Castro, jornalista e editor do Notícias da TV.

Na representação criminal, protocolada no Ministério Público de São Paulo, Bruna alega que Datena fez comentários de cunho sexual durante uma festa realizada no dia 7 de junho de 2018.

Nesta ocasião, Datena teria dito que era um desperdício Bruna namorar mulheres e que já havia se masturbado para ela. O relato é negado pelo diretor Rafael Gessullo, citado no documento, mas é confirmado por outra pessoa que preferiu não se identificar.

OUTRO LADO

Datena negou todas as acusações e disse que está tomando medidas legais.
“Um dia, durante as gravações do quadro A Fuga, ela estava muito magra, passou mal e eu pedi para que ela fosse atendida. Na comemoração, repeti a ela que ela era muito bonita e que não precisava emagrecer, porque ela já era competente. Tirando isso, todo o resto é mentira, calúnia e delírio”.

 

 

Teleguiado